As melhores Informações

PÁGINA INICIAL CURIOSIDADES DESTAQUES DICAS INTERNACIONAL BRASIL OUTROS REFLEXÃO ORÇAMENTOS

APOSTILAS PROGRAMAS EMPREGOS CONTATO SUGESTÃO QUEM SOMOS ENVIE SUA NOTÍCIA

Pacientes 'quase' desenganados têm alta após tratamento diferenciado

Agência Estado - Por Fernanda Aranda - 16/03/2009 - 12:37

São Paulo - Vítimas de violência ou acidentes sentenciados a viver, para sempre, acoplados aos aparelhos hospitalares. São tantos pacientes com internação perpétua em São Paulo que, ano passado, uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) só para abrigá-los foi construída. É neste local, que acaba de completar um ano, que três pacientes conquistaram recentemente a desacreditada alta depois de receberem um tratamento diferenciado. "Por vezes se fala em estudos caríssimos sobre novos medicamentos, mas os médicos esquecem de dar bom dia aos pacientes", conta Auro Buffani, supervisor da UTI do Arnaldo.

Foi no Hospital Estadual Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes, Grande São Paulo, que foram reservados 10 leitos de cuidados intensivos para serem a “casa” de Thalita, Roberta, Ricardo, João, Maria... Em comum, todos tiveram histórias interrompidas. Um dia acordaram e a violência urbana destruiu seus sonhos. Estavam espalhados por muitas unidades de saúde, recebendo cuidado, mas sem previsão de alta. A Secretaria de Estado da Saúde decidiu reuni-los e tentar oferecer um tratamento que foi além da tecnologia, equipamentos ou dinheiro.

As paredes do hospital são coloridas, os horários de visita irrestritos e o número de visitantes também. Televisão, rádio, música, histórias, livros e cinema tudo faz parte do dia a dia. Um aquário de peixes beta recepciona pacientes e visitantes. Festas de aniversário são organizadas com bolo de três andares (de isopor, claro, para não dar infecção). Com cadeiras de roda especiais, os pacientes são levados para um banho de sol no jardim. Muitos deles ficaram anos, por vezes a vida toda, sem ver a luz solar.

Thalita da Silva Abreu, aos 18 anos, levou um tiro na região cervical, perdeu a consciência, a fala, os movimentos. Acordou em um hospital de São Bernardo do Campo, onde permaneceu por 10 meses, quase imóvel. Em nenhum desses 300 dias, o namorado Leandro Ramos, 22 anos, deixou de visitá-la. Eles estavam juntos havia um ano quando a bala atingiu Thalita pelas costas. O autor do disparo foi seu ex-namorado. Não havia chance de cura para a jovem. O perfil clínico a enquadrava entre os pacientes adultos que estavam sendo transferidos para a UTI do Arnaldo Pezzuti. Lá, passou três meses e, aos 20 anos, enxergou a luz no fim do túnel. Teve alta, fez curso de informática, conversa e já faz planos de se casar com Leandro.

Liberdade

A história da UTI do Arnaldo Pezzuti, que acaba de completar um ano, não tem só Thalita como capítulo de sucesso. Três meses após a primeira alta, foi a vez de Roberta Raicia, 17 anos, ganhar a liberdade. Ficou “presa” em um hospital durante um ano, desde que o acidente de carro a deixou tetraplégica e com dificuldade de respirar. No Arnaldo, já morava há seis meses quando, em dezembro, veio a alta e ela voltou para Minas Gerais, onde nasceu. Agora, a história do Arnaldo está sendo escrita por Ricardo, 30 anos. Vítima de um acidente de moto, os médicos também falaram em internação para a vida inteira. Ele ficou três anos na UTI, 10 meses deles na nova unidade. Agora, se prepara para voltar para a cama que sempre soube que voltaria a ser sua.

Voltar

Mais de 30 notícias relacionadas...
- Bebê loiro e de olhos azuis nasce de pais negros.....leia mais
-
Pacientes 'quase' desenganados têm alta após tratamento diferenciado.....leia mais
-
PORQUE A PIMENTA DEIXA SUA BOCA QUEIMANDO.....leia mais
- Uso de tinturas e outros cosméticos requer cuidado na gravidez.....leia mais

- Amar é adubar, admirar e gerar vida a cada dia.....leia mais

- 10 erros que fazem seu currículo ir parar no lixo.....leia mais
- Fotografar refeição ajudaria na dieta.....leia mais
- Hidrelétrica de Itaipu vai usar sobra de água para produzir.....leia mais
- Como poupar e onde investir o seu dinheiro.....leia mais

- A dor é uma sensação que se manifesta quando um incentivo maléfico é.....leia mais
- Aeroportos britânicos terão "scan facial" de passageiros.....leia mais
- PAI, você é fera - Enquanto estamos aqui na terra temos um desafio......leia mais
- Só é feliz quem consegue desapegar-se.....leia mais
- Um padre e cosmólogo polonês que sustenta a possibilidade de comprovar matematicamente a existência de Deus....leia mais

- Busca por suicídio gera mais sites pró do que contra, diz estudo.....leia mais
- Descobrir alguém leva tempo.....leia mais
- O que é ser católico?.....leia mais
- A moral sexual e a mulher.....leia mais
- Conforto para dormir bem.....leia mais

- Dicas básicas de Fireworks Mx.....leia mais
- Humanidade esteve à beira da extinção, segundo paleontólogos.....leia mais
- 34,5 milhões vivem sem esgoto nas cidades.....leia mais
- O capitalismo é bom?.....leia mais
- Faça uma análise de sua satisfação sexual!.....leia mais

- O perigo de um desabafo. Quando um colega se transforma num conselheiro.....leia mais
- Como o câncer mudou minha personalidade....leia mais
- Testes de computador aumentam agilidade cerebral, diz estudo....leia mais
- Células-tronco: Vitória de quem?....leia mais
- Cientistas estão mais perto de "capa da invisibilidade"....leia mais

- China admite que fogos na abertura foram truque....leia mais

- Perdoar é ser INTELIGENTE nos dias de tanta falta....leia mais
- É um fator mais psicológico e social do que físico, a VIRGINDADE....leia mais
- Aeroportos britânicos terão "scan facial" de passageiros....leia mais
- Pessoas com deficiência auditiva ou da fala poderão pagar menos por mensagem de texto em celular....leia mais
PaidVerts
 
 

Todos os Direitos reservados desde 2008
Página Inicial / Quem Somos / Divulgue-nos / Anuncie
Downloads / Contato/ Topo